Antes e depois

A depilação progressiva com laser é feita através da destruição da unidade do folículo piloso, sem danificar a pele adjacente. Capaz de proporcionar bem-estar pela eliminação de pelos indesejados, a técnica pode auxiliar também no tratamento da foliculite (pelos encravados). Antes e durante o tratamento é muito importante a aplicação de protetor solar, visto que o laser possui afinidade pela melanina, bem como a suspensão de métodos de depilação que arranquem o pelo, como cera e pinça.
A contraindicação estende-se, também, para os casos de gestação, colagenoses e utilização de retinóides. A área a ser depilada deve ser raspada com lâmina no dia do procedimento. O intervalo entre as sessões é de 30 a 45 dias.
Os efeitos podem ser vistos desde as primeiras sessões, a partir da observação de uma área de falha de crescimento dos pelos. O laser de escolha utilizado na clínica é o laser de diodo, considerado padrão ouro para a técnica. Na grande maioria dos casos, um número entre 4 e 6 sessões é o suficiente para alcançar resultados satisfatórios.

VOLTAR PARA PROCEDIMENTOS